Game Café | F-Zero

0 Flares 0 Flares ×

E cá estou eu para falar, novamente, de um jogo de Super-Nintendo. Décadas se passaram, mas meu amor pelo console não diminuiu. É impressionante como um riso fácil me pega quando lembro de tais jogos.

E hoje me lembrei de F-Zero. Não, ele nem era meu jogo preferido, mas passei altas horas ao lado dele…

F-Zero é uma corrida futurista. Foi lançado no ano de 1990 no Japão (1991 nos EUA).

O jogo se passa no ano de 2.560, nessa época os alienígenas estão em contato conosco, com isso existe um mercado intergalático. Então os ricaços da época resolveram criar uma espécie de fórmula 1 intergalática. Os carros atingiam velocidades exorbitantes…

O game foi desenvolvido pela Nintendo EAD, o diretor de produção foi Shigeru Miyamoto. O jogo teve uma tecnologia pseudo-3d utilizada. Isso faz com que o cenário rode em volta de um objeto, dando a impressão de um cenário tridimensional.

O jogo segue a premissa de todas as corridas. Sendo que a grande diferença é que o veículo possui uma espécie de energia. Se você for batendo ele, ele acaba explodindo. Lógico que existe um jeito de não fazer ele explodir, é só recarregar em umas barrinhas laterais que tem na pista.

Novamente, essa não foi a melhor corrida que joguei no meu Nintendo, mas estaria no meu top 5, fácil, fácil.

Sua jogabilidade não era das mais fáceis, sua trilha sonora era legal, mas não foi tão marcante quanto a de Top Gear ou Rock N’ Roll Racing, mas seu nível de entretenimento era tão alto quanto os outros.

Lógico que depois tivemos várias versões do game, mas a que me marcou foi essa, a primeira versão para o Super Nintendo ❤.

Não deixe de conferir. 

 Game Café | Donald Duck Mahou no Boushi

Game Café | Super Bomberman 4

The Legend of Zelda | Game Café

Crash Bandicoot | Game Café

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Henry Braga

Assisto preferencialmente o que não está na moda, gosto de livros, quadrinhos, séries e filmes. Também sei admirar DC e Marvel (sim, é possível), ainda tenho meu Super Nintendo. Seinfeld, Anos Incríveis e Watchmen são algumas de minhas preferências.