Game Café | Super Bomberman 4

0 Flares 0 Flares ×

Super Bomberman 4 era (é) a fita do meu Super Nintendo.

O quarto jogo da série da Hudson Soft começa lá no Bomberman 3. O Professor Bagura teve seu corpo destruído pelo White Bomberman. O cérebro do vilão escapou, e ele criou um grupo para se vingar.

Então começa o Bomberman 4White Bomberman descansa tranquilamente com o Black Bomberman em um ônibus espacial, o grupo de Bagura ataca os Boberman’s e cria um buraco no tempo, isso faz com que White Bomberman, Black Bomberman e seus amigos viagem no tempo.

Então é isso. Eles são atacados, viajam no tempo e tem que passar 5 mundos para encarar o Bagura novamente.

Aqui temos a foto dos 4 chefões antes de Bagura.

No Japão o jogo foi lançamento em abril de 1996. O game foi uma criação de Shinichi Nakamoto. Tudo muito lindo, tudo muito legal, as fases não eram difíceis, era possível zerar o jogo em cerca de uma hora.

Mas o mais legal do game era (é) o Battle Mode.

Nele podíamos escolher entre seis personagens, sendo que 5 foram criados pelo Bagura.

O primeiro ali é o já conhecido White Bomberman.

Depois temos o Bazooka Bomber. Ele tem um olho biônico e no seu braço tem uma Rocket Launcher conectada por alguns fios em sua mochila. Só que após o uso desse “poder” ele fica lento e sua bomba fraquinha.

Lady Bomber é a única mocinha do grupo. Ao contrário de seus amigos (exceto Hammer Bomber) ela não sofre nenhum tipo de penalidade ao usar seu “poder”. Acho que poder nem seria a palavra correta, talvez “habilidade” se encaixe mais. Lady consegue empurrar seus inimigos ao chegar perto. Ela também dispara um tiro de laser que quando acerta algum inimigo deixa ele atordoado e, ainda, espalha os itens que ele ganhou pelas fases/battlemode.

Jet Bomber é branco e azul. Tem um visor nos olhos e um jetpack. Com o “seu brinquedinho” ele sai voando e deixando um rastro de chamas por onde passa, elimina tudo que toca e só é parado por uma bomba ou bloco.

Hammer Bomber é verde e tem uma apetrecho que ao rodar ele consegue tirar os itens que a gente consegue durante as fases/battlemode. Ele é outro que não fica lento depois do uso de seu “poder”.

Great Bomber. Esse é o líder da turma. Ele é preto e roxo. Quando soltam uma bomba perto dele ele consegue ficar “invisível” para ela. As penalidades sofridas pelos personagens após o uso das habilidades duram cerca de 10 segundos.

Continuando no Battle Mode, tínhamos alguns ovinhos que viravam esses cavalinhos muito loucos…

1 – Esse soltava tipo uma esponja que deixava o oponente mais lento

2 – Odiava pegar esse, ele só chutava as bombas.

3 – Passava por cima dos blocos, era muito útil quando eu queria matar algum oponente forte.

4 – Soltava uma bomba super forte.

5 – Soltava todas as bombas de uma vez.

6 – O melhor de todos, ele soltava uma canção que deixava seu oponente “dormindo”.

7 – Esse é um kamikaze. Era só chegar perto de quem você queria matar e atirar o bichinho.

Esses ovos apareciam nas fases também, além deles, tínhamos outros no percurso dos 5 mundos.

1 – Talvez um dos mais difíceis para se matar, toda vez que você soltava um bomba perto dele, ele chutava ela pra longe. (2º mundo, fase 4)

2 – Como eu amava essa coruja. Ela era meio chatinha para se matar. Toda vez construía um bloco ao seu redor, então tínhamos que ser rápidos. Mas, em posse dela, você podia fazer todos os bloquinhos sumirem de uma vez. (3º mundo, fase 5)

3 e 4 Se encontravam na mesma fase (2º mundo, fase 5). O número 3 tinha o poder de passar entre os blocos, e de correr quando solicitado. O 4 corria o tempo todo.

5 – Toda vez que você matava um dele, seu companheiro “dava cria”, era bem chato para se matar também. Quando já estávamos nele conseguíamos passar por dentro das bombas. (4º mundo, fase 2).

6 – Esse era o cão em pessoa. Superava o primeiro que citamos aqui. Eram precisos duas bombas para matar esse rapazinho, depois que acertávamos a primeira ele ficava possuído pelo ritmo ragatanga e saia correndo descontrolado. (4º mundo, fase 3)

Esses foram todos os ovinhos que consegui localizar.

Ah, uma curiosidade das fases era que quando jogávamos em dois, podíamos jogar nosso companheiro naquele cantinho. Ali ele sempre pegava uma fase bônus, onde, normalmente, ganhava-se vários itens.

Tome bomba-relógio, patins, chute, mãozinha e muitos ovos.

Imagine um trabalho gigantesco para fazer isso. Então já sabe né, dá aquela forcinha compartilhando o post e comentando. Até outro Game Café!!!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×