Fracasso em Série | Swingtown

0 Flares 0 Flares ×

Ah, o que falar de Swingtown?

Sério mesmo, o que falar?

O nome Swingtown não te lembra nada? Nada?

Tudo bem, não vou te enrolar. A série mostra um pessoal que adora fazer uma troca de casais. Fim.

É isso mesmo, eles adoram um swing.

O programa situado na década de 70 mostra Susan (Molly Parker) e Bruce Miller (Jack Davenport), um casal que se mudou para o subúrbio de Chicago, nos Estados Unidos. Como vizinhos eles encontram Trina (Lana Parrilla) e Tom (Grant Show), um casal bem liberal.

Logo esse casal convida Susan e seu marido para uma festinha repleta de bebida, droga e sexo. Não demora muito e a conversa sobre casamento liberal começa…

A série que surgiu no ano de 2008, contou com apenas 13 episódios e foi transmitida pela rede de televisão CBS.

Agora imagine um canal aberto transmitindo uma série que fala de troca de casais, que mostra pessoas usando drogas, e que em paralelo mostra os filhos do casal tendo os problemas que todo adolescente tem com sexo, questões morais, paixonites por professores… Enfim, junte tudo isso e receba uma linda desaprovação.

A série estreou com cerca de 6,7 milhões de telespectadores, mas com o desenvolvimento da mesma, começou sofrer várias repressões pela turma da “família tradicional”. E de nada adiantou fazer uma série de swing que não mostrava as cenas de sexo. Sabe aquele negócio que você sabe mas não está vendo? A série usava desse artifício para ficar “mais suave”.

Mas as críticas foram tantas que começaram a abalar a rede de televisão, então a saída encontrada pela CBS foi cancelar o seriado. Para se ter ideia, em seus últimos episódios a audiência caiu para 3,9 milhões.

Não deixe de conferir.

Fracasso em Série | Doutor Estranho (1978)

Fracasso em Série | Dark Angel (Gangues da Noite)

Fracasso em Série | Constantine

Fracasso em Série | The Tick (2001)

Fracasso em Série | The River

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Henry Braga

Assisto preferencialmente o que não está na moda, gosto de livros, quadrinhos, séries e filmes. Também sei admirar DC e Marvel (sim, é possível), ainda tenho meu Super Nintendo. Seinfeld, Anos Incríveis e Watchmen são algumas de minhas preferências.