Olho Vivo e Faro Fino

0 Flares 0 Flares ×

“É preciso fé cega e pé atrás, olho vivo, faro fino e tanto faz”. – Humberto Gessinger..

Snooper and Blabber, ou, nessa tradução que eu considero muito boa: Olho Vivo e Faro Fino.

Abertura brasileira.

A série de desenho animado foi produzida pela Hanna-Barbera (novidade), ela fazia parte do desenho do Pepe Legal (Quick Draw McGraw). Teve sua estreia no ano de 1959 e foi finalizada em 1961, contando ao todo com 45 episódios divididos em 3 temporadas.

O desenho em si era bem simples: fugindo da premissa de gato e rato inimigos, aqui eles são amigos e tem uma agência. Olho Vivo é o gato, Faro Fino o rato. Olho Vivo é uma espécia de Sherlock, sempre com sua fala de “Elementar, caro Faro Fino“. Ele é alto, usa chapéu e capa.

O gato não é nenhum sinônimo de inteligência, mas é muito respeitado pelo companheiro que, aliás, é muito obediente e sempre segue suas indicações. Faro Fino também usa chapéu e capa.

O interessante é que não era sempre que as coisas terminavam 100% resolvidas. E o desenho contava com uma pitada de comédia, como por exemplo no episódio “Um caso do outro mundo“. Os dois detetives solucionam um caso em Marte, Faro Fino é proclamado chefe dos marcianos, então Olho Vivo vira e fala…

Olho Vivo: Eu lhe concedo um mês de licença, sem pagamento, é claro.
Faro Fino: Puxa, Olho Vivo, como você é bom para mim.
Olho Vivo: Eu sei.

Outra coisa engraçada é que a sirene do carro era tocada pelo Faro Fino, bem, não era tocada, mas sim gritada. A dupla ainda apareceu em “A Turma do Zé Colméia“…

…e em “Ho-Ho-Límpicos“.

Gostou? Então descubra mais sobre outros desenhos, e não deixe de ver a história de alguns personagens.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×