5 piores jogos do Mario Bros

0 Flares 0 Flares ×

Nem só de Super Mario WorldSuper Mario All-Stars viveu a franquia desse encanador. O Mario Bros causou decepção em alguns momentos, hoje iremos ver 5 aparições pífias…

Começando do Mario Paint.

O “jogo”, que era uma espécie de software parecido com o Microsoft Paint, foi feito para o Super Nintendo. Tinha até mouse e mousepad para “auxiliar” na brincadeira, pena que essa brincadeira era bem chatinha…

Mais chato que o jogo? Só aquela musiquinha irritante.

___

Então você não achava o Mario Paint ruim? Espere para ver o Super Mario Bros. and Friends – When I Grow Up (1991).

No Mario Paint você desenhava, aqui os desenhos já estavam prontos, você só tinha que pintar. O jogo foi feito para MS-DOS.

Para ficar mais fácil o entendimento. Lembra a febre que “Livro para colorir” gerou? Então, o jogo é basicamente um livro para colorir no computador, foi ilustrado por Rick Incrocci.

___

Que tal jogar perguntados? Não, pera…

Mario’s Early Years! Fun with Letters é o nome desse game. O jogo foi feito para ensinar os pivetinhos falar inglês. Você começava escolhendo o Mario ou a Princesa Toadstool, existiam alguns módulos para você escolher…

Alfabeto, vogal, frases, sons… você entrava em uma das telas, clicava nos objetos que apareciam e alinhavam eles de acordo com suas iniciais, ou clicava nos objetos com pronúncias semelhantes, enfim, todas essas “coisas legais” que a criança vai ser obrigada aprender na escola estava presente nesse game.

Mas fazer só o “Fun with Letters” não bastou para Nintendo, ela ainda fez o “Fun with Numbers“, e “Preschool Fun“, o primeiro ensinava geometria e algumas contas matemáticas, o segundo jogo, classificado como “diversão pré-escolar”, mostrava alguns objetos de arte, alguns objetos que ao clicar flutuavam e mais algumas coisinhas “super divertidas”.

___

Já pintamos com o Mario, aprendemos fazer contas, completar frases, que tal brincar de fechar porta?

Hotel Mario foi lançado (1994) em CD-i, console da Philips em parceria com a Nintendo, ele consistia em fechar portas de um hotel. Fim.

É sério. O Mario tem que salvar a princesa Toadstool passando por 7 hotéis. Cada hotel tem várias fases, o objetivo das fases é fechar todas as portas.

___

Você acha que não tem como piorar? Então fique com I Am A Teacher: Super Mario Sweater (1986)”

Esse é bem raro (graças a Deus). O jogo foi feito para Famicom Disk System, console exclusivo do Japão. E funcionava assim: você tricotava.

Isso mesmo, você tricotava. Não, não, você não leu errado. O jogo era um simulador de tricô. T R I C Ô.

O jogo foi desenvolvido em conjunto com a empresa “Royal” (sua avó devia ter uma máquina de costura dessas). Nele você poderia criar blusas sob medidas com os personagens do Super Mario. Bacana, né???

___

Leia outras Listas.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×