Opinião com Café | Batman Noel

0 Flares 0 Flares ×

Lee Bermejo é um dos desenhistas que mais me fascinam. Nessa história não é diferente. Aliás, Bermejo não só foi o responsável pelos desenhos, mas também pelo roteiro.

Se nos desenhos ele mostrou uma qualidade absurda, no desenvolvimento da história não podemos dizer o mesmo.

O enredo nos apresenta Bob. Um rapaz com uma onda de azar inacreditável. Ele não tem um bom emprego, seu patrão é um sangue-suga, sua família é toda dependente dele, e seu filho está doente.

“Na vida, as pessoas envelhecem e seu comportamento segue inalterado. A maioria das pessoas nunca muda. É assustador demais…” 

Scrooge, o patrão de Bob, não quer deixar o rapaz passar o natal com o filho. Bob, insistente, negocia, negocia, negocia, até que o velho aceita, mas com uma condição: ele trabalharia dobrado após o natal.

“O medo é uma coisa engraçada. Alguns caras podem ficar com tanto medo, que acabam paralisados…” 

Detalhe: Scrooge é o velho Batman. E você já sabe que Batman e Coringa são como unha e carne. O vilão teria que aparecer. Ele usou Bob para pegar um dinheiro. Foi nesse momento que o Scroo… digo, Batman, capturou o rapaz e fez ele prestar serviços.

É confuso! É superficial! É ruim!

Aos analisarmos página por página não conseguimos citar qual desenho (e coloração) é melhor. Bermejo é impecável nos traços. Não erra em nada. Mas só nos traços, a história caminha de modo confuso. Diversos personagens são inseridos na trama. Tudo superficialmente, alguns só aparecem em um quadro.

As frases de efeito merecem destaque. Eu gosto muito de diálogos bem feitos. Frases complexas. Roteiro bem amarrado. Aqui nós temos várias frases de efeito que “são bonitinhas”, mas não te causam o impacto necessário por causa do mau desenvolvimento narrativo.

“O negócio é o seguinte, às vezes, quando você trabalha na sujeira, depois de um tempo fica difícil se limpar. Você se acostuma à imundície. Até começa a se sentir confortável com ela.”

Conclusão: Por esse quadrinho nós podemos dizer que como roteirista Lee Bermejo é um ótimo desenhista.

Nota 5.

Dados Técnicos.

Batman Noel [One Shot]
Desenhos e Roteiro: Lee Bermejo
Ano: 2011
Páginas: 114
Idioma: Português
Editora: DC Comics (Panini)

Sinopse: Anos e anos de luta contra o crime, encarando pessoas profundamente perturbadas (ou simplesmente malignas), finalmente estão cobrando seu preço do Batman. O que antes era uma nobre luta por justiça se tornou uma cruzada cega, capaz de afastar todos a quem o herói já chamou de amigos e aliados. Agora, mais um Natal chega em Gotham City. Será essa uma chance de redenção para o Homem-Morcego… ou apenas o dia em que o herói finalmente encontrará o seu destino final? O genial artista – e agora roteirista – Lee Bermejo apresenta sua primeira graphic novel ao público em Batman: Noel; um conto sobre desespero, chances perdidas e a importância da esperança!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Henry Braga

Assisto preferencialmente o que não está na moda, gosto de livros, quadrinhos, séries e filmes. Também sei admirar DC e Marvel (sim, é possível), ainda tenho meu Super Nintendo.

Seinfeld, Anos Incríveis e Watchmen são algumas de minhas preferências.