Ren e Stimpy, o desenho que foi banido da Nickelodeon

0 Flares 0 Flares ×

Em alguns locais levou o nome de “The Ren & Stimpy Show“, em outros, “Ren & Stimpy“.

O desenho estreou em 11 de agosto de 1991, e logo caiu na boca do público.

Mas a esmagadora maioria dos comentários foram negativos. Afinal, o desenho tinha o hábito de praticar humor negro, fazer insinuações sexuais, piadas adultas, escatológicas e praticar violência. Tudo isso era raro, pelo menos na época. Mesmo com a forte crítica o programa durou 5 temporadas e teve 52 episódios.

O desenho foi criado por John Kricfalusi para a Nickelodeon. A série animada mostra as desventuras de Renwick “Ren” Hoek, um nervoso e neurótico chihuahua, ele sempre descontava sua fúria em Stimpson “Stimpy” J., um gato meigo, bobo e desajeitado.

Curiosidade #1: Kricfalusi foi o responsável por criar um episódio (disponibilizado apenas em VHS) em que Ren e Stimpy eram namorados.

As críticas pelos pais das crianças que assistiam a Nickelodeon não diminuíram com o tempo, a empresa não gostou muito disso e, posteriormente, censurou a animação, pois eles queriam que ela se adequasse ao Nicktoons. Ou seja, a série não foi cancelada, ela foi banida da Nickelodeon Studios em 1996.

Curiosidade #2: Continuando na década de 90, o desenho virou quadrinho produzido pela Marvel Comics.

Kricfalusi acabou saindo da Nickelodeon, mas em 2004, para Spike TV, houve uma readaptação do desenho para o “público certo”. The Ren and Stimpy Adult Party Cartoon, o desenho transmitido para o público adulto tem cenas de violência e pornografia.

Curiosidade #3: O desenho, apesar de polêmico, virou até jogo para vídeo-game. 

Sega Genesis, Game Boy e SNES.

Lembra de algum desenho polêmico? Comente.

Leia mais sobre outros desenhos.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×