O dia que o Superman empunhou o Mjolnir do Thor e o escudo do Capitão América

0 Flares 0 Flares ×

Não, você não leu errado. Houve um dia que o Superman levantou o Mjolnir do Thor e o escudo do Capitão América.

Se você é um aficionado por quadrinhos, deve saber disso. Mas se você é um marinheiro com menos horas de leituras no mundo das HQs…

Pois bem, isso aconteceu no ano de 2003. A Panini resolveu reunir as duas maiores equipes de heróis de todos os tempos. De um lado “Os Vingadores” de outro a “Liga da Justiça”.

Mas essa amizade dos grupos não começou facilmente. Aliás, como em todo crossover, eles primeiro saíram na porrada, depois fizeram amizade.

Tudo bem que a culpa dessa treta foi do Krona, um vilão extremamente poderoso. Para se ter uma ideia, na história ele modifica toda estrutura do universo, criando um caos inimaginável.

O vilão abalou as estruturas do universo e jogou os Vingadores contra a Liga da Justiça. Sorte que o planeta conta com Batman e Capitão América, eles perceberam que “algo de errado não estava certo”…

… enfim, a história prossegue. Creio que você deva imaginar que o mundo estava prestes a ser destruído quando algum ato impossível foi realizado e salvou tudo.

Então, se você pensou isso, acertou. Tudo estava perdido, até que um dos heróis mais poderosos do universo entrou em ação. O Superman em um ato de bravura empunhou duas ferramentas icônicas do mundo da Marvel Comics.

E como já era de se esperar, o mundo mais uma vez foi salvo, graças as meninas super poderosas aos maiores heróis de todos os tempos.

Ps: No final da história o Thor fala para o Superman que Odin tinha retirado temporariamente o encanto do martelo, mas que o Mjolnir ficou em boas mãos quando foi empunhado por ele.

Leia outras curiosidades.

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Henry Braga

Assisto preferencialmente o que não está na moda, gosto de livros, quadrinhos, séries e filmes. Também sei admirar DC e Marvel (sim, é possível), ainda tenho meu Super Nintendo. Seinfeld, Anos Incríveis e Watchmen são algumas de minhas preferências.