Ligue para mim, Saul Goodman (S03E06)

0 Flares 0 Flares ×

Esse sexto episódio (Off Brand – S03E06) confirmou tudo o que eu disse do episódio anterior. Sim, meu amigo, era um pouco óbvio. Só que a perca da licença de Jimmy fez com que Saul aparecesse mais rápido do que imaginávamos…

Mas, primeiro, vamos falar dos periféricos do episódio. Mike não teve um avanço. Gus novamente “cedeu” (sabemos que tem algo por trás dessa “bondade”) para Hector e, ao mesmo tempo, vem procurando expandir seus negócios, agora com Lydia (sim, aquela mesma da ricina) ele planeja fechar a compra de um estabelecimento…

Reconhece essa fachada?

Chuck vem tentando enfrentar sua doença, ou melhor, o que ele acredita ser sua doença. Mas, interessante mesmo foi ver HectorNacho. O patrão arrogante e o funcionário paciente. Hector é a prepotência em pessoa. É estourado, não aceita respostas negativas, tão pouco sabe negociar.

Vemos que Nacho não está feliz sob seu comando, as opiniões divergentes vão ficando cada vez mais fortes. E, penso que, não será Gus que irá fazer Hector ficar em uma cadeira de rodas, Nacho tem tudo para despontar como o “vilão” de Hector.

Por fim, vemos que Jimmy saiu para tentar ganhar a vida. Ele não quer mandar sua secretária embora, não quer se desfazer de seu escritório e não pode atuar como advogado.

Então qual a única solução? Virar um vendedor/produtor de publicidade. Mas, para não misturar os nomes, que tal ligar para o Saul?

Um episódio que focou em vários núcleos, todos caminharam lentamente, mas abriram espaço para um final de temporada que vem sendo a melhor até o momento. Jimmy vai ficando para trás. Mais personagens de Breaking Bad vão sendo inseridos na trama.

Better Call Saul já não é mais uma série de Jimmy, ou mesmo de Saul, ela oficialmente tornou-se prelúdio de uma das maiores séries de todos os tempos.

Leia mais sobre Better Call Saul.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Henry Braga

Assisto preferencialmente o que não está na moda, gosto de livros, quadrinhos, séries e filmes. Também sei admirar DC e Marvel (sim, é possível), ainda tenho meu Super Nintendo. Seinfeld, Anos Incríveis e Watchmen são algumas de minhas preferências.