HQ’s Entrevista | Fábio Ribeiro (Canal Anos Incríveis)

0 Flares 0 Flares ×

Hoje o HQ’s Entrevista tem a honra de receber Fábio Ribeiro.

Fábio é criador do canal “Anos Incríveis”, mas ele só decidiu investir em seu sonho depois que escutou sua mulher, o talentoso artista faz desenhos magníficos, toca vários instrumentos, gerencia o próprio canal, é dono de uma produtora, fez várias entrevista com a turma do Chaves, fala sobre coisas antigas… meu Deus!!! Quanta coisa! Então eu acho melhor você ler a entrevista para descobrir tudo sobre a carreira do desenhista/produtor/youtuber/músico 🙂 .

1 – Fábio, é um prazer poder falar com você, e para começar eu gostaria que você falasse um pouco sobre sua vida pessoal e profissional. 

Meu nome é Fábio Ribeiro, eu tenho um canal no Youtube, comecei ele há seis anos e meio, eu era professor de inglês e espanhol, dei aula por treze anos e meio, deixei de dar aula para abrir uma produtora, então hoje eu trabalho com marketing e com produção de videos, para TV e empresas, além de manter o canal.

2 – Vamos falar um pouco sobre o canal “Ah Se Fordeu” que acabou virando “Anos Incríveis”, qual o motivo da troca de nome? Foi uma homenagem a série de Kevin Arnold?

Também, foi um pouco de tudo, o nome “Ah Se Fordeu” gerava um duplo sentido, que não era legal, e não é um nome comercial, além de ser confuso era um nome que não tinha nada a ver com o que o canal fazia, porque quando eu comecei não imaginei que iria ser o que virou, eu não imaginei que iria para frente, e que tomaria esse foco (coisas antigas), e como tinha muita criança acompanhando, achei melhor mudar, então eu resolvi fazer o “Anos Incríveis”, que é de coisas antigas, e também é relacionado a série.

3 – Apesar de seu canal ter batido recentemente a marca de cem mil inscritos eu noto que você não é reconhecido como deveria, existem muitos youtubers que fazem sucesso e não apresentam vídeos com tanto conteúdo e nem tão bem editados quanto os seus, como você encara isso? Essa seria uma das razões de você não estar fazendo vídeos semanais?

Olha, o sucesso é meio relativo, eu acho que tem público para tudo, eu não sei te falar se meus vídeos são melhores que o canal “X” que tem não sei quantos milhões de inscritos, eu não foco muito no sucesso, meu foco é fazer coisas que eu gosto e coisas bem feitas, eu agradeço pelo que você disse, mas eu acho que tudo tem sua hora, e se o público prefere o que está sendo oferecido por outros canais, tudo bem, na verdade eu prefiro continuar com meu conteúdo, fazer com qualidade e não me preocupar com isso, o sucesso vem com o tempo, às vezes a pessoa trabalha “não sei quantos anos” para ser reconhecido daqui há 10 ou 15 anos  por um trabalho que começou lá atrás, não estou dizendo que esse é o meu caso, mas eu prefiro manter a qualidade, e não faço semanal por causa da produtora, porque eu dedico muito tempo à ela, e para fazer os vídeos com uma boa produção, com bom conteúdo, leva um pouco mais de tempo, então eu não consigo produzir igual essa galera que faz qualquer coisa, joga lá, e vira sucesso, ou quando a galera tem uma equipe para fazer isso, e faz com qualidade, por isso os vídeos não são semanais igual antes.

Dispensa legenda.

4 – Você é muito talentoso, fico impressionado com a qualidade de seus desenhos e vídeos, e eu tenho uma curiosidade, quantos instrumentos você toca? Você é autodidata ou fez aulas?

Eu nunca contei quantos instrumentos eu toco para te falar (risos). Tem um vídeo no canal que eu mostro os instrumentos, mas eu nunca contei, eu estudei piano por 3 anos e meio e teclado por 5 anos, mas o resto foi sozinho mesmo, foi olhando na internet e usando a teoria de música que eu já tinha aprendido, isso ajudou bastante.

5 – Fábio, você conseguiu a façanha de entrevistar praticamente toda turma do Chaves, quem foi o mais simpático? E o mais arrogante?

Todos foram simpáticos, principalmente o Chespirito, eu fui duas vezes na casa dele, na segunda vez ele me convidou para almoçar, enfim, todos foram muito simpáticos, todos me receberam muito bem, não tenho o que reclamar de nenhum deles (risos), todos foram ótimos comigo.

6 – Além das entrevistas foi possível ver que você entregou desenhos para vários personagens e até piano tocou para o “Chaves”, com isso pode-se dizer que você realizou todos os sonhos envolvendo Chespirito e sua turma?

Não, porque eu queria ter entrevistado o Carlos Villagrán, apesar de ter feito abertura do show dele em Porto Alegre, ter encontrado, tirado foto e, também, eu queria muito ter entrevistado o Professor Girafales (Rubén Aguirre), só que infelizmente não deu certo.

7 – Já sabemos que além de youtuber você é desenhista, você se considera uma pessoa realizada fazendo o que faz? E como você lida com o preconceito que existe em cima de quem trabalha com coisas “não convencionais”?

Hoje eu posso dizer que sou realizado, eu tenho alguns sonhos dentro da minha profissão, tanto na parte artística, como na musical e áudio visual, mas eu posso dizer que me sinto realizado, com 35 anos finalmente eu descobri o que queria fazer da vida, às vezes as pessoas não sabem, nem com 15 anos, nem com 20, nem com 30, às vezes elas morrem sem saber o que fazer, e agora descobri qual é o meu ramo, apesar de saber disso desde muito tempo, mas não ter acreditado que isso poderia dar certo, porque eu sempre ouvi dos meus pais que não iria dar certo, que tinha que estudar, fazer faculdade, se formar, ser engenheiro ou médico, então eu sempre corri atrás dos sonhos dos outros, e eu resolvi fazer o que eu realmente gosto depois de conversar com minha esposa, foi ela que abriu minha cabeça para isso, e eu resolvi investir, hoje eu sou realizado e muito feliz com o que eu faço.

8 – Qual seu conselho para quem está começando trabalhar com youtube ou está começando desenhar?

O conselho que eu tenho para dar é: se você for entrar para ser mais um, não entre, se você não for entrar para se esforçar realmente (e se esforçar não é fazer parcerias e pedir para os outros divulgarem), se você não tiver um trabalho diferente, se você não tiver um trabalho bem feito, tanto no YouTube, quanto no desenho, se você não procurar ser melhor do que os outros, você não vai para frente, você só vai ser mais um no meio, agora, se a pessoa quiser fazer por hobby, se quiser ser só mais um, fazer porque gosta, vai em frente, mas se você quer fazer algo para valer, seja diferente, isso leva tempo e dinheiro, procure pesquisar, se especializar e sempre melhorar.
Por exemplo: toda edição que eu aprendi, eu aprendi sozinho, eu aprendi com YouTube e com vídeo aulas, com os desenhos foi a mesma coisa, então é seu esforço que faz você chegar longe, porque eu vejo a galera falar: – “Poxa, eu tô me esforçando.”, mas não leva um conteúdo diferente, não faz nada e acha que está se esforçando, e não é por aí, você tem que saber que as coisas não vem de hoje para amanhã, você não planta um pé de laranja de manhã e à tarde já colhe, isso leva tempo, muito tempo às vezes, então tenha perseverança e sempre procure melhorar.

9 – Fábio, jogo rápido para finalizar. Sabemos que você é um nerd de carteirinha, então nos conte qual é o seu personagem preferido do Chaves, sua série e jogo de vídeo-game preferido.

Meu personagem preferido do Chaves é o próprio Chaves (risos), e o Seu Madruga, minha série preferida já foi The Walking Dead, hoje não é mais, ela ficou horrível, minhas séries preferências são Narcos e Z Nation, meu jogo preferido, apesar de ser muito curto, foi o que eu mais gostei até hoje, The Last of Us, do Play 3.

10 – Bom, vamos encerrar por aqui, então deixe todos seus contatos para quem queira assistir seus vídeos ou comprar seus desenhos.

De contato eu acho legal deixar o canal do YouTube, o meu Twitter e meu Facebook.

No momento eu estou fazendo os desenhos mais por hobby, porque a produtora dá muito trabalho, então não tenho mais tempo de desenhar (risos), mas fiquem com meu Instagram.

Fábio, nós do HQ’s com Café não temos palavras para agradecer pela oportunidade, se um dia precisar do nosso site, estaremos à disposição, e se você quiser deixar algum recado, essa é sua hora.

Eu que agradeço, e peço desculpas por não responder antes, realmente é pela correria mesmo, mas se precisar pode contar comigo.

Leia outras Entrevistas.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Henry Braga

Assisto preferencialmente o que não está na moda, gosto de livros, quadrinhos, séries e filmes. Também sei admirar DC e Marvel (sim, é possível), ainda tenho meu Super Nintendo. Seinfeld, Anos Incríveis e Watchmen são algumas de minhas preferências.