HQ’s Entrevista | Marcos Gratão

0 Flares 0 Flares ×

Com dois anos de idade ele já desenhava, tem animação feita no youtube, vários heróis criados e um crossover com outros seis heróis brasileiros, hoje é dia de falar com Marcos Gratão.

1 – Marcos, conte um pouco sobre sua vida.

Olá, meu nome é Marcos Gratão, sou ilustrador, animador e designer. Gosto muito de quadrinhos e faço as minhas próprias aventuras desde sempre! Hoje já tenho uma centena de personagens criados para filmes, animações, quadrinhos e livros.

2 – Quando que surgiu essa a paixão pelos desenhos?

Desde pequeno. Enquanto a minha mãe ficava fazendo crochê e tricô eu ficava ali pertinho dela desenhando. Ela fala que eu fazia minhas historinhas desde os 2 anos de idade, ela quem escrevia as falas nos balões pra mim.

3 – O HQs com Café tem paixão pelos heróis brasileiros, sabemos que você criou o “Enemus”, nos conte como surgiu a ideia de criar esse herói , e aproveitando, nos conte sua  história de origem e seus poderes.

O Eny (como os amigos dele o chamam) foi criado para um fanzine em 1996. Esse zine inclusive foi até divulgado na extinta revista Wizard da editora Globo (lembra?). Seu nome é Salvador Alencar. Ele é um químico que trabalha em uma indústria de Produtos de Limpeza, tem uma filha adotada chamada Maria Lúcia. Uma noite São Paulo é invadida por demônios do inferno e Lúcia é levada. Salvador segue os demônios até o inferno e acaba ficando preso por lá e morre. Mas ele é resgatado pela angélica Gabrielle, que pega a alma dele e coloca em um outro corpo, de um criminoso que havia acabado de morrer. Agora ele toma a identidade deste criminoso, Maxuwell Ferraz, e se torna Enemus, o Executor da Penumbra, e tem poderes infernais que luta para erradicar todos os demônios que passam pra este lado, até reencontrar com sua filha novamente.
As histórias deste herói estão neste link: www.marcosgratao.com/enemus

 

4 – Você tem mais algum personagem? 

Acho que os mais famosos são os Vigilantes, os heróis de São Paulo. Mas existem outros heróis, como os patriotas Heróis Nacionais, os Gladiadores, Eco Robô, Ajudante de Alienígenas entre tantos… No momento estou fazendo uma animação chamada F.U. Força Universo, que já tem seis episódios completos no youtube, além da mini-serie em 4 capítulos de “Os Sete”.

5 – Já que você tocou no assunto, fale um pouco sobre “Os Sete”.

A princípio, Os Sete seria uma aventura fechada, onde Enemus divide a edição com outros heróis brasileiros: Papo Amarelo, Agata, Ciclone, Xamã, Águia Dourada e Crânio. Mas a parceria com essa galera está dando muitas ideias boas e provavelmente teremos mais uma aventura, até a edição 8 pelo menos, onde os Sete se reunirão. Essa HQ está sendo escrita por mim e pelo Eberton Ferreira, e na arte temos muitos amigos artistas que contam as origens de cada um dos personagens.
Pra ler a hq d’Os Sete é só acessar www.marcosgratao.com/ossete

6 – Tem mais algum projeto em andamento ou alguma coisa que queira criar?

Além de Os Sete e da animação F.U. estamos com um desafio este mês de setembro, no nosso grupo do Facebook “PRODUZINDO QUADRINHOS“, de fazer uma HQ com 30 quadrinhos, fazendo um quadrinho por dia. Essa aventura está sendo um sucesso e está agitando a galera que sempre quis fazer seus quadrinhos mas não tinham um incentivo, alguém que acompanhasse de perto, dando feedback e incentivando. Está sendo ótimo e convido a todos a entrarem no grupo e participarem.

7 – Quais as dificuldades você encontra no meio das produções independentes? E qual  a maior dificuldade e a maior facilidade de se trabalhar em conjunto?

A maior dificuldade ao meu ver é publicar/divulgar seu material. Essa é a maior queixa de todos os artistas, o que acaba inclusive desestimulando a galera. Já a maior facilidade é que hoje, com a net, qualquer um pode fazer seus quadrinhos e publicá-los de graça!
Já o trabalho em equipe é muito bom, porque um estimula o outro a produzir, a não deixar a peteca cair. É legal ver esse entrosamento entre os membros de um grupo, quando acontece. Mas quando não rola, a história ou projeto acaba não saindo, mas tudo bem. É só partir pra próxima aventura.

Enemus e Jou Ventania.
8 – Marcos, qual herói nacional você mais gosta e qual o estrangeiro?

Meu herói brasileiro preferido é o Crânio, do Francinildo Sena. Sempre curti esse personagem sinistro, caladão, e muito poderoso. Já o meu personagem americano preferido é o Superman dos quadrinhos e dos filmes antigos (Reeve), mas não o dos filmes novos… esse não me agradou.

9  – Bom, vamos encerrar por aqui, mas antes, onde nosso leitor poderá comprar suas HQ’s? E como ele poderá entrar em contato com você?

Acessem meu site www.marcosgratao.com e a minha página do Face ou por Email: marcos.gratao@gmail.com – vai ser um prazer trocar ideia com a galera!

Marcos, agradecemos imensamente o tempo que você concedeu para essa entrevista, se você deseja deixar algum recado ou falar mais alguma coisa, esse é seu espaço.

Muito obrigado pelo espaço, eu gosto de falar sobre quadrinhos, inclusive tenho um canal no youtube que falo muito sobre produzir quadrinhos, acessa lá: http://bit.ly/canalgratao – e se você quiser fazer seus quadrinhos, tirar suas histórias da sua cabeça e colocar no papel, entra em contato comigo que eu te ajudo. Vamos produzir nossos quadrinhos, porque o mercado tá aí, pronto pra ser explorado. Um grande abraço a todos!

Leia outras Entrevistas.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×
  • Alexandre Rodrigues

    MUITO BOM SABER UM POUCO MAIS DA TRAJETÓRIA DO MESTRE DOS QUADRINHOS NACIONAIS MARCOS GRATÃO!!!

    • HQ’s com Café

      Olá, Alexandre.

      Sim, o Marcos é um grande artista. Não deixe de acompanhar os outros mestres dos quadrinhos nacionais que entrevistamos.

      Grande abraço.