Fogo, uma brasileira na DC

0 Flares 0 Flares ×

Não é só a Marvel que tem um herói brasileiro famoso integrando sua principal equipe, pela DC temos uma brasileira integrando a Liga da Justiça, vamos ver a história dessa heroína desde o começo, começo esse que é um pouco complicado.

Criação.

Beatriz Bonilla da Costa foi criada por E. Nelson Bridwell e Romana Fradon em 1979 aparecendo pela primeira vez na HQ Super Friends #25.

Origem da Heroína.

Os pais de Beatriz estavam no Amazonas visitando uma tribo indígena chamada Gê, quando sua mãe entrou em trabalho de parto, o líder espiritual da tribo acabou ajudando com o nascimento de Beatriz e logo notou que a criança tinha poderes. Ele contou para seus pais que não ligaram muito… quando Beatriz completou 15 anos o índio entrou em contato espiritualmente com ela e explicou quais eram seus poderes. Nesse momento Beatriz virava Flama Verde.

Essa foi sua primeira origem, mas depois da Crise Infinita da DC sua origem foi totalmente mudada.

Origem da Heroína (2).

Flama Verde/Fogo.

Aqui ela era uma modelo carioca reconhecida mundialmente, porém mesmo com a fama ela encontrava-se infeliz com sua carreira e decidiu então virar uma agente secreta, foi quando em uma missão para resgatar uma arma de plasma ela foi atingida pela substância que dava poderes a arma e assim ela adquiriu seus poderes.

Pensa que acabou? Ainda não. A DC remodelou seu universo, porém aqui ela não teve sua origem explicada, o que sabemos é que ela faz parte da Liga da Justiça Internacional.

Poderes.

Consegue mudar sua fisiologia para forma piroplásmica, com isso ela pode projetar rajadas de fogo, voar, ficar imune as altas temperaturas e parcialmente intangível, o parcial se deve ao fato de que ela não atravessa paredes mas consegue fazer com que objetos arremessados contra seu corpo a atravesse… Além de tudo ela boa no combate corpo a corpo, graças a umas aulas que ela teve com o Bruce Wayne.

Curiosidades.

Sim, Bruce Wayne ensinou ela lutar, e na sua primeira origem ele convidou ela para tomar conta de uma filial das empresas Wayne que ele tem no brasil, lógico que ela aceitou.

Foi criada em 1979 mas só em 86 que passou para o universo principal da DC.

Quanto utiliza seu poder seu traje some e ela fica de biquíni, ou nua, só envolvida por chamas incandescentes verde. (Porque será que toda heroína brasileira tem que ficar de biquíni?)

Quando era modelo fazia parte do Clube Tonite do seu Chico.

Integrou inicialmente os Guardions Globais.

Fora das HQs.

Apareceu nos desenhos da Liga da Justiça: Sem Limites e do Batman: Os Bravos e Destemidos.

Em 1997 a Liga da Justiça teve um piloto para virar série, porém ele foi cancelado, nesse piloto ela era interpretada pela Michelle Hurd.

Gostou? Então descubra mais sobre a Vida de Outros Personagens, e confira a história de vários Desenhos Animados.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×