Opinião com Café | Manhattan

0 Flares 0 Flares ×

Filme de 1979 com 1 hora e 36 minutos de duração.

Sinopse: Um escritor de meia-idade divorciado (Woody Allen) se sente em uma situação constrangedora quando sua ex-mulher decide viver com uma amiga e publicar um livro, no qual revela assuntos muito particulares do relacionamento deles. Neste período ele está apaixonado por uma jovem de 17 anos (Mariel Hemingway), que corresponde a este amor. No entanto, ele sente-se atraído por uma pessoa mais madura, a amante do seu melhor amigo, que é casado.

Opinião com Café.

“Manhattan” pode ser considerado uma continuação de Annie Hall, com alguns ajustes, lógico, a principal mudança notada é a cronologia que segue normalmente, ao contrário do filme anterior que Woody Allen construiu as cenas em cima de total desordem cronológica, em “Manhattan” o filme é bem quadradinho, porém com a mesma genialidade.

Woody dessa vez é Issac, um homem de meia-idade que teve alguns relacionamentos fracassados, um desses relacionamento acabou no momento que a mulher decidiu virar lésbica, com isso ela está escrevendo um livro sobre a vida amorosa dos dois.

Aliado a isso, Issac namora Tracy (Mariel Hemingway) uma garota de 17 anos, e tem como seu melhor amigo Yale (Michael Murphy), que tem uma relação fora do casamento com Mary (Diane Keaton), mas com o passar do tempo Issac se apaixona por Mary, amante de seu melhor amigo… a insanidade das histórias do Woddy Allen é magistral!!!

A fotografia é toda feita em preto e branco, e ela é simplesmente lindíssima, o tom de humanidade que a trama apresenta idem, os gêneros se misturam, drama, comédia e romance, mas nenhum com fantasia demais, e sim com realidade demais.

Porém o que mais chama a atenção nos filmes do Woody são seus diálogos, e aqui temos uma verdadeira obra prima, as falas são de uma profundidade incrível, as citações são diversas, e em alguns momentos você até irá se perder em meio a tantas.

Em “Manhattan” o diretor mostra o amor por sua cidade, escancara a busca pelo “amor perfeito”, e ainda faz algumas reflexões sobre a vida.

Nota 9.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×