Opinião com Café | Ted 2

0 Flares 0 Flares ×

Filme de 2015 com 1 hora e 55 minutos de duração.

Sinopse: Completamente apaixonado, Ted (voz de Seth MacFarlane) decide se casar com Tami-Lynn (Jessica Barth). Entretanto, não demora muito para que o casal entre em crise. Querendo evitar um possível divórcio, Ted resolve ter um filho. Tami-Lynn logo fica empolgada com a ideia, o que faz com que o casal inicie uma busca sobre quem poderia ser o doador de esperma ideal para o bebê. Seu grande amigo John (Mark Wahlberg) o ajuda na tarefa, mas logo Ted descobre que não pode ter um filho porque, legalmente, ele não é uma pessoa, e sim uma propriedade. Começa então uma batalha judicial em que o urso de pelúcia tenta provar que merece ser considerado um cidadão como qualquer outro ser humano.

Opinião com Café.

Depois do grande sucesso de Ted, temos o retorno desse ursinho usuário de droga e frequentador de boteco, só que agora com uma diferença, ele está apaixonado, sua musa é a atendente de caixa do mercado que ele trabalha, TamiLynn, interpretada por Jessica Barth, e por incrível que pareça a paixão é recíproca. (O amor dos dois acaba ocasionando um casamento logo no começo da trama.)

Passado algum tempo o casamento entra em crise, e temendo a separação, Ted resolve ter um “filho”, sua mulher fica empolgadíssima mas para isso eles vão precisar de um doador de esperma, a partir desse momento o filme começa a embalar, Ted logo descobre que não poderia ter uma criança por meios legais, pois ele não era considerado um humano e sim um bem material.

John (Mark Wahlberg) compra a briga de seu melhor amigo e os dois vão apelar para a justiça para provar que o urso era um cidadão norte americano e não apenas um objeto.

A história do longa é essa mas sem aquele ar de novidade que tivemos no primeiro filme, lógico que a comparação é inevitável, as piadas continuam as mesmas, algumas dão certo e outras não, os palavrões e pancadarias também estão do mesmo nível que as piadas, o erro talvez tenha sido o excesso do mais do mesmo, a única coisa mais notável é que o consumo de drogas e as festas dão uma diminuída, afinal, Ted já é casado.

Outra coisa que tivemos em excesso foram as referências, em toda parte você encontra alguma coisa, Rocky Balboa, Star Wars, Superman, Tartarugas Ninjas…. a lista é imensa, até uma Comic Con é visitada.

Para completar o time do mais do mesmo tivemos Donny, interpretado por Giovanni Ribisi, assim como no primeiro filme ele é o vilão da trama e vocês já podem imaginar o que acontece né.

O mais interessante de tudo é o crescimento emocional do urso.
(Nenhuma atuação compromete mas nenhuma merece destaque.)

O filme em si não é ruim mas ele perde muito devido ao fato de que esse urso já não é mais uma novidade, só que mesmo assim é possível dar boas risadas com as aventuras de Ted e John. 

Nota 7.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×