Anos Incríveis | Piloto

0 Flares 0 Flares ×

Na contramão dos grandes sites, esse é o HQ’s com Café, que não fica apenas na mesmice de ficar falando dos grandes sucessos de audiência da atualidade, hoje venho apresentar um grande sucesso do passado, para ser mais preciso, um sucesso que começou em 31 de janeiro de 1988, estou falando de Anos Incríveis. 

Duas vezes por semana (quarta e sábado) você encontra aqui, o review de cada episódio.

Pra quem não conhece, a descrição da série é essa: O adulto Kevin Arnold (Daniel Stern – narrador) relembra de seu tempo de adolescência (vivido por Fred Savage), que passou no final da década de 1960 e início de 1970. Da adolescência à vida adulta, com o melhor amigo Paul (Josh Saviano) e a namorada de tempos em tempos, Winnie (Danica McKellar), ele passa pelas tentativas e pelos traumas que fazem parte da vida de todo ser humano.

Ao todo, tivemos 115 episódios, distribuídos em 6 temporadas.

E, para iniciarmos realmente o post…

Tudo começou no verão de 1968, quando Kevin Arnold tinha apenas 12 anos, foi nessa época que ele entrou no ginásio, e nesse episódio piloto, Kevin nos apresenta sua família e seus amigos de modo superficial, a primeira impressão que temos com a breve apresentação feita é que: Jack Arnold, é o pai, sustenta toda a família, é de pouca conversa, e se mostra muito rígido. Norma Arnold, mãe, rígida, preza pela edução de seus filhos, mas é muito amorosa. Wayne, irmão de Kevin, Wayne é aquele típico irmão mais velho que se acha, e cria motivo para que com qualquer coisa possa bater no Kevin.

Paul Pfeiffer, melhor amigo, tem jeito de nerd, e é alérgico a quase tudo, além de ser medroso. Winnie Cooper, primeiro amor.

Toda essa apresentação é feita de modo superficial, criando todo o cenário para que Kevin junto com Paul e Winnie tivessem seu primeiro dia no ginásio, e lá, Kevin nos introduz à seu mundo. Um curto episódio, mas que é mais que suficiente para que Wayne nos mostre todo seu lado mala, para que Kevin sofra sua primeira intimidação dentro do ginásio e para que sua primeira ida à direção ocorra.

Quando Jack busca Kevin na direção, temos o indício que sua primeira surra seria tomada, mas quando eles chegam em casa somos surpreendidos com a notícia da morte do irmão da Winnie (Brian Cooper) que morre em uma convocação para o Vietnã.

Uma produção tão antiga, mas tão linda, as falas são profundas, a trilha sonora é linda, e seu encerramento é magistral.

Nele, Kevin dá seu primeiro beijo em Winnie, e o episódio termina com Kevin falando…

Era o primeiro beijo para nos dois, nunca falamos sobre isso depois, mas penso sempre nos acontecimentos daquele dia e de alguma forma sei que ela também. E sempre quando algum garganta começa a falar sobre o anonimato do subúrbio ou a inconsciência da geração da TV, porque sabíamos que dentro de cada uma daquelas casas idênticas com seus dodges estacionados na frente, seu pão de forma sobre a mesa e o azul brilhante do aparelho de TV no cair da noite, vivem pessoas com suas histórias, famílias unidas na dor e na luta do amor, existiam momentos que nos faziam chorar de tanto rir, e outros, como aquele, de perplexidade e tristeza“.

A série em apenas 25 minutos mostrou uma sensibilidade sem igual, em poucos episódios pilotos fiquei tão admirado quanto nesse.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×